terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Estado de choque

[ eu no computador numa das divisões da casa mais a minha mãe, o meu pai na divisão ao lado ]

Pai: Despede-te lá dos teus namorados e desliga o computador. [ alto e a brincar]
B': Ah espera, são uns 7 ou 8, vai demorar uma eternidade, amanhã desligo.
Mãe: E da namorada também. [ baixo e em tom serio]
B': O.O ? e :O ?
[silencio constrangedor]




"O quê?! Não... eu percebi mal, eu devo ter percebido completamente mal. A MINHA MÃE não disse namorada, não com um 'a' no final, não. Não pode ser... Não. Não. Não. Não. MIL vezes Não."


Este foi o estado em que fiquei, mas depois pus-me a pensar, a minha mãe irá eventualmente um dia saber, até porque eu quero isso. Então porque não agora?


[Mas nem pensar que vou ser eu a tocar no assunto... pelo menos, nos próximos séculos tempos.]

4 comentários:

Inês disse...

Sabes que cá em casa começou assim?
A perguntarem-me por namorado e quando eu dizia que não perguntavam-me por uma namorada.
Não sei como é a tua mãe mas também eu tinha consciência que por cá era tranquilo. :)

Leonor disse...

a minha mãe disse-me assim "Conta-me! Tu por favor conta-me!" raio da mulher conhece-me melhor que eu!

Night Shadow disse...

Encontrei o link no Farta do Armário e decidi vir dar uma volta. E gostei. Gostei mesmo muito. Não leves a mal, mas certas patetices tuas lembram-me coisas que eu fazia e pensava. No bom sentido, a sério.
E essas erguntas sobre o namorado ou namorada são normais, é a maneira de os pais darem a entender que suspeitam de alguma coisa.
Espero que "essa rapariga" que tanto te encanta goste muito de ti. Paeces boa pessoa. Felicidades.

nani disse...

Bem aqui em casa tambem ja conteceu algo parecido mas foi mais no gozo que a minha mae disse!

Fiquei em choque hahhah ;)

Nao sei mesmo se ela desconfia de alguma coisa XD!!