sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Uma pessoa apercebe-se que é mesmo distraida quando

Recebe 5 mensagens iguais de 5 pessoas diferentes a dizer:
"B', tenta não te esquecer de levar aquela folha!"
E quando vai a sair de casa, tem de voltar atrás porque se esqueceu da tal folha.

Aqui e Agora

Ontem comecei a ver o programa Aqui e Agora, o tema foi Sexo na Adolescência, e iam debater se devia ou não haver Educação Sexual nas escolas.

Algumas das coisas que eu ouvi no programa foram:


"Quanto mais informação sobre sexo as adolescentes tiverem, mais parceiros sexuais elas têm." Esta mãe de certeza que não confia nada na filha, e deve ser daquelas em que o sexo é assunto tabu. Mas ela lá deve ter razão, mais vale a filha descobrir as coisas sozinha e depois chegar a casa grávida!


"A educação sexual vai de certeza quebrar a doutrina religiosa e falar da homossexualidade e sobre o aborto, e os pais não querem isso." Do que é que os pais têm medo? Que ao dizerem aos seus filhos que um homossexual gosta de pessoas do mesmo sexo, eles comecem todos a ser homossexuais? Ah pois..., estes ainda devem pensar que a homossexualidade é uma opção.


"Nos tempos de hoje distribuem-se preservativos como rebuçados, isso é uma estupidez, é como dizer "Olha, podes ir fazer sexo"." Claro que é uma estupidez! Eu cá acho é que deviam era dar muitos rebuçados para depois poderem dar ás crianças que nascem por falta de uso desses preservativos! E como se os adolescentes precisassem de incentivo para irem fazer sexo.



Ainda não percebi porque é que os pais tem tanto medo de os filhos se informarem sobre a sua sexualidade. Devem ter medo que os filhos se tornem uns perversos e que "sejam fáceis". Ora, mas se os pais não os informam, onde é que eles vão aprender?
Pois, não aprendem e depois chegam a casa grávidas e com DST.

Eu já tive a oportunidade de ir a palestras sobre a Sexualidade na Adolescência, e devo dizer que a mim pouco ou nada me informou visto única e exclusivamente terem falado de sexo entre pessoas de sexos diferentes.
Mas os professores devem ter razão, quem é que é homossexual hoje em dia? Ninguém! Eles que aprendam as coisas sozinhos já que optaram por o ser.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Lembrete

Mãe: Oh B'. Que site é este do ex aequo?
B': Ahm... É para um trabalho...
Mãe: Está bem, mas é sobre o que?
B': Ahm... É sobre a homossexualidade...
Mãe: Ah. É que tens aqui imensos sites estranhos*.



Nota: De forma a evitar futuras situações destas, a próxima vez que estiver no PC do meu pai, não me esquecer de apagar o Histórico da Internet, porque a desculpa do trabalho não há de colar sempre.


*por estranhos entenda-se nomes de blogs lésbicos e sites com informações sobre homossexualidade.

Desafios

Ora bem, aqui está a resposta ao desafio proposto pela Tank do Farta do Armário.


Primeiro 5 Defeitos




  1. Tenho um mau em perder desgraçado, nem que seja perder a jogar ao monopólio. Então em desporto, odeio perder. Por outro lado quando perco sei admiti-lo e não invento desculpas para isso;



  2. Sou super tímida e envergonhada, mas ninguém acha isso porque me escondo atrás de frases irónicas. E fico orgulhosa de mim quando consigo enfrentar um publico gigante;



  3. Sou bastante irrealista, quero acreditar que o mundo é perfeito e que todas as pessoas tem bom coração, não fazem o mal de propósito, apenas sem intenção;



  4. Choro por tudo e por nada , okay... não choro assim tanto (menos por dores físicas, o que é estranho), mas por outro lado estou-me sempre a rir, mesmo quando estou a chorar;



  5. Sou super teimosa, quando tenho uma opinião, por mais que os outros tentem não a conseguem mudar. (claro que se depois me apercebo que estou errada, admito-o, mas com muuuuuito custo)



Depois a minha relação com os 7 Pecados




  1. Avareza - Gosto muito de ter o meu dinheirinho (para não ter de estar sempre a pedir aos meus pais), mas visto que estou sempre a pagar tudo a todos acho que este pecado não se aplica muito;



  2. Gula - Então não?! E se for um daqueles maravilhosos bolos de chocolate, sou pecadora até dizer basta! E se virmos a gula no outro sentido, no de querer sempre mais e mais, acho que também se aplica, gosto de ser a melhor naquilo a que me dedico e de chegar ao topo;



  3. Inveja - Em relação a bens materiais não sou muito, mas por vezes invejo a coragem dos outros em certas atitudes, por exemplo. (se formos a ver bem, quem é que nunca sentiu inveja de alguem?)



  4. Ira - Claro que há certas pessoas que me provocam um sentimento de raiva, mas eu consigo controlar isso. Para mim é tudo 'Paz e Amor'.



  5. Luxuria - Obvio que sim ;P



  6. Preguiça - Digamos que neste momento devia estar a estudar, mas ainda tenho tempo, a vontade agora não é muita...



  7. Soberba - É o pecado que menos tem a ver comigo. Tenho orgulho em mim, mas não um orgulho excessivo, e não sou nada arrogante, ainda tenho muito para aprender.



E por último 5 manias




  1. Estou sempre a mexer no cabelo e a ver-me ao espelho para o ajeitar, se não encontro um espelho vejo-me ao vidro de um carro (O quê? Vaidosa? Lá agora...) ;



  2. Tenho de ter sempre comida na mala, bolachas, sandes, iogurtes, chocolate, qualquer coisa, porque estou sempre com fome (Esta é uma mania tão certa que toda a gente me pede comida) ;



  3. Durmo com dois pares de meias (se tiver com frio nos pés não consigo dormir), com uma garrafa de água na mesinha de cabeceira (se não tiver lá a garrafa já sei que vou ter sede durante a noite), e só consigo dormir com o quarto completamente escuro ;



  4. Quando vou sozinha para a escola a pé, ponho-me a cantar e a dançar (é mais um rodopiar estranho) nos passeios (o que é estremamente esquisito para os carros que vão a passar) ;


  5. Em vez de me sentar nas cadeiras, gosto de me sentar no chão e ficar a apanhar com o sol na cara, ou ficar a observar as pessoas ;






E pronto, agora tenho de ir estudar, porque mesmo com preguiça, é preciso.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Factos ridiculos sobre mim que tem a ver com filmes

O q eu tenho a dizer depois de ter visto o filme 'As palavras que nunca te direi':

Estúpido do Nicholas Sparks que me põe a chorar com os filmes dele.

[ Sim, eu choro ao ver certos filmes, principalmente os da Disney ]

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Dilemas da treta

Faz de nós más pessoas se quando ao irmos a uma loja a empregada se enganar no preço a nosso favor, não dizermos nada?


É que com esse dinheiro pude aproveitar e ir comprar um maravilhoso sunday caramelo que soube tão bem...

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Jogos de futebol vs. Humor Matinal

S: Olá minha querida B'. *grande sorriso*

B': ...

S: O que é que se passa? *sorriso enorme*

B': O que é que se passa? Passei mal a noite toda cheia de dores de barriga, depois ás 9 da manhã houve uma prova de desporto em frente á janela do meu quarto, e os organizadores decidiram por a musica aos altos berros, por isso tive de ir para o quarto dos meus pais, e ouvir coisas do género que me doía a barriga porque ontem comi de mais, e a gula é um dos 7 pecados (...)

S: Isso tudo e, o Sporting ter dado um grande baile ao Benfica!!! Ahahahaha

B': Não! Isso tudo e, o melhor clube do mundo ontem ter deixado um clubezito qualquer de Lisboa ganhar, de forma a tornar os próximos jogos mais emocionantes.



Do que é que adianta inventar desculpas... quando o meu clube perde, fico com mau humor o resto do dia...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Viva o Carnaval!

O Carnaval nunca foi uma coisa que me fascinasse muito. Quando era pequena lá fazia uns desfiles pelas ruas e tal, mas entretanto deixei de achar muita graça, vestia os fatos só por vestir.
Mas este Carnaval trouxe-me uma coisa nova, uma coisas que eu desconhecia em mim:


Nunca me tinha apercebido que gostava tanto de ver raparigas com fardas...


(Por exemplo, esta máscara de Carnaval não é tão gira??)


Bom carnaval para todos!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Vicio de Series

Tenho o estranho vicio de me imaginar na pele das personagens das series (e por vezes também dos filmes) que eu vejo, e imaginar como seria a minha vida se tivesse a casa, o dinheiro, os passatempos, a profissão, etc, de certas personagens.

Acho que é por isso que sou tão viciada em series...

Mais ninguém tem este estranho vicio?



agora, Quais são as vossas series preferidas?


P.S- Outra das coisas que me faz ser viciada em series, são certas actrizes ;p , qualquer dia falo daquelas que me suscitam tão grande interesse...

P.S.2- Não sei como é que das pessoas que comentaram nenhuma referiu Gilmore Girls!... Com a fantástica Laura Graham... "Tal mãe tal filha"? Ninguém? Sim ok... Também já acabou, mas mesmo assim devia ser referida!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Afinal tu não és normal porque há uns tempos atrás não se lembraram de te por num livro

Normalmente tenho um respeito base por todas as pessoas, mas quem é este D. José Saraiva Martins para dizer que eu e todos os homossexuais não somos normais?!

Ele, que diz ser abstinente para o resto da vida, coisas que muitos padres e cardiais não cumprem, vem dizer que gostar de pessoas do mesmo sexo não é normal só porque a Bíblia o diz?

Ora bem, se formos analisar a Bíblia correctamente, e não á luz do que os católicos acham que é melhor, acho que há muitas coisas que não foram interpretadas lá muito bem.



Poderia dizer mais coisas mas a minha opinião é basicamente o que foi dito aqui .

Para variar, "Prós e Contras"

Então não é que, segundo o Professor Universitário Nuno Salter Cid, um bissexual não se pode realizar com a sua orientação sexual através do casamento, se esse casamento não for com duas pessoas e de sexo diferente?

E que, segundo o fundador da Associação Famílias Numerosas José Luís Gala, que comparou a discriminação que a sua mulher pode sofrer por ficar em casa em vez de ir trabalhar e a discriminação que ele pode sofrer por ter muitos filhos com a discriminação para com homossexuais, a aprovação de casamentos entre homossexuais vai levar à questão de adopção entre pessoas do mesmo sexo, e que não há nenhum estudo que diga que a adopção por casais homossexuais vai tornar as crianças mais felizes do que os casais normais?



Cada vez que oiço opiniões deste género fico a pensar se estas pessoas pensam mesmo assim, é que não consigo perceber se isto na cabeça delas tem algum sentido!
E devo dizer que fiquei da constitucionalista Isabel Moreira.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Estado de choque #2

[ No meu quarto mais a minha mãe e o meu pai ]

Mãe: Não percebo porque é que dormes com tantos cobertores.
B': Porque tenho frio de noite!
Mãe: Tu queres é um rapaz para te aquecer. Ou uma rapariga. *olhar bastante assustador*
B': O.O ... *silencio constrangedor*


Oh boa, e desta vez a minha mãe nem se importou em dizer isto ao pé do meu pai, se bem que o meu pai quando foi referida a palavra "namorada" estava visivelmente nervoso, a olhar para baixo, e com "medo" do que eu fosse dizer, ou seja, estou "tramada".

A outra situação aconteceu aqui .

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Há coisas que eu não entendo em mim

Porque raio é que cada vez que o meu pai trás à baila qualquer tema relacionado com a homossexualidade, eu fico caladinha, a olhar para baixo, e com medo de dizer alguma coisa que me denuncie? (e com raiva de algumas das opiniões dele sobre os homossexuais)


É que eu não tenho qualquer problema em ser lésbica, porque é que os meus pais haveriam de ter? ( Era bom que não tivessem... Era tão bom...)

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Grave problema.

Convites para bailes de Carnaval: Alguns.

Ideias para máscaras de Carnaval: Nenhuma.

Pede-se a colaboração dos fantásticos, impressionantes (Ui.. tanta graxa...) leitores que por aqui passarem para deixarem uma sugestão de um fato de carnaval para mim ou o que irão usar e me livrarem de horas e horas numa loja de máscaras a experimentar montes e montes de fatos de Carnaval super desconfortáveis e que milhares de gente já experimentou.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Anti-Social, cada vez mais

J: Estás a ver a S.?
B': Não, quem é ela?
J: É aquela que costuma estar sempre com a T.
B': E já agora poderias-me dizer quem é a T?
J: É a prima daquela da minha turma, a J.
B': A J? Mas quem é a J?
J: Epa, cada vez estás mais anti-social!!


Este com quem estava a falar, o ano passado era a pessoa mais anti-social que eu conhecia (até era mais que eu, coisa quase impossível) e este ano conhece toda a gente!



(A desculpa que eu uso para me justificar: )

Não é que eu não conheça algumas pessoas e assim, apenas não decoro nomes...

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Em relação ao 'Dia dos namorados'

[Conversa que não me dizia respeito]
T: Então e nós no sábado podiamos ir todas ao cinema, já que nenhuma de nós tem namorado.
B': Olha, obrigado por não me estares a incluir!
T: Mas tu tens namorado!
B': O.O? Tenho? Quem?
(Ao mesmo tempo) T: Aquele das mensagens. A: O J.



Não sei o que é mais deprimente, se é não ter namorada, se é pensarem que eu namoro com (dois!) rapazes.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Benditas heranças musicais portuguesas

Hoje estive a dançar uma coisa destas:



lindo não é?

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Acreditam no amor eterno?

Eu cá acredito, ou quero acreditar.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

The T-Mobile Dance

'Life is for sharing'

Ora bem, é hora de dançar!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Há palavras que marcam

[Numa conversa]

F: No outro dia a filha da L. fez 6 anos e deu uma festa de aniversário na escola, e como ela não levou balões os miúdos disseram todos que a festa dela não tinha prestado.
B': A serio?! Fogo, isso é tão mau... a miúda deve ter ficado tão triste!
Mãe: Oh, não te lembras que te fizeram uma coisa parecida?
B': Porque é que achas que estou tão chateada?




Esta conversa toda para dar a entender o meu ponto de vista:



Acho que há poucas coisas que magoem tanto como as palavras de uma criança. As crianças fazem sofrer as outras de uma maneira terrível, e dizem coisas que podendo parecer que não, deixam as outras crianças a chorar. Okay, não fazem por mal, e se calhar é sem intenção, mas conseguem ser más.

E é bastante duro porque enquanto um jovem/adulto quando ofende é apenas para magoar o outro e por vezes nem sente isso, as crianças quando dizem estas coisas é porque o sentem mesmo, e fazem os outros sentirem que tem a culpa de tudo.

Não, não sou revoltada, até tive uma infância bastante feliz, mas acho que todos em algum momento sentiram as duras palavras de uma criança, que nos ferem bastante.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

perguntas sem interesse para as quais eu não tenho resposta

Meio vazio?

Ou

Meio cheio?


[ de momento não consigo escolher... ]

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Ou eu é que sou demasiado pudica

ou então não sei.

Mas devo ser a única pessoa da minha escola, entre rapazes, raparigas e talvez até funcionários e professores, que não vê 'O Rancho das Coelhinhas'!, que ao que parece é uma "novela" em que demonstram a vida das prostitutas, e mesmo as actividades profissionais delas, explicitamente...

E também devo ser a única pessoa, da minha escola, que não têm qualquer interesse em ver!




Observações:

É que depois essas tais pessoas que vêem isso dizem-me que é para saberem mais, e dizem isso com ar de "eu-sou-muito-bom,-sei-fazer-tudo-o-que-há-para-fazer".
Eu cá acho que se aprende mais e é muito mais interessante "fazer", e não "ver" ...
Mas isso, é só a minha opinião...