segunda-feira, 9 de março de 2009

As conclusões a que eu chego

M: B', podes trocar de T-shirt comigo para a aula?
B': Sim claro.
[...]
M: Obrigado por me estares a deixar usar a tua t-shirt.
B': De nada, aliás, a t-shirt até é larga, ...
M: É larga? Estás-me a chamar gorda?
B': Não, não! Não era isso que eu queria dizer, eu...
M: Achas-me gorda?
B': Percebeste mal! ...
M (para outras pessoas): A B' acha que eu estou gorda!!!
B': Mas...


Definitivamente: Não tenho jeito (nenhum!) para raparigas.

4 comentários:

Kate disse...

Tenho dialogos desses com frequencia, e fico sempre no teu lugar. Mulheres...

Leonor disse...

Se ela era gorda de verdade devias ter chamado gorda mesmo (não chames gorda à menina porque é coisa feia.)

Isso acontece tanta vez que até dá dó

Mariana disse...

Coitadinha!:\ Percebem sempre tudo mal!

Ana disse...

Nem as próprias gajas compreendem as gajas.