quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Dois mil e oito no fim

Há um ano atrás, mesmo no momento da passagem para o ano de 2008, estava eu à janela e pensei, não sei bem para quem, que não precisava de nada de novo na minha vida, que tinha a vida perfeita assim, que queria apenas manter isso tudo, sem grandes mudanças.



Ao longo deste ano aconteceram tantas mudanças, mas tantas, muitas más, muitas boas, mas todas me fizeram ver que é isso que eu quero, essas mudanças fizeram-me ver que não estou nem perto de ter a vida perfeita, e pela primeira vez, sinto que este ano de 2009, vai ser diferente, bom.



[Vá, chega de falar de mim e vamos ao que interessa]



O que eu quero mesmo é desejar a toda a gente um ano de 2009 tão bom como aquele que eu desejo para mim : ) .

Sem comentários: