domingo, 7 de agosto de 2011

Actualizações

Neste momento a minha vida está em modo de pausa.
Não tenho nenhum projecto iniciado, apenas muitas ideias e vontades, que nem todas podem ser concretizadas, seja por falta de vontade ou por outros factores externos.

Universidade - talvez dos projectos que mais ansiedade me trás. Estou à espera dos resultados dos exames, e tenho até dia 17 deste mês para me candidatar à faculdade. Estive quase dois anos com a certeza absoluta de que queria seguir Direito, e vi esta certeza mudar por completo para Psicologia, neste ultimo ano. Ainda não me consegui candidatar pois receio que venha outra certeza ainda maior. E, se for Psicologia, há a duvida da faculdade que quero escolher… Alguém informado sobre o assunto (tanto sobre o curso em si como sobre como me decidir) para me aconselhar?

Carta de Condução – nunca fui daqueles adolescentes que um mês antes de ter 18 anos já quer estar a tirar a carta. É caro e eu não vou ter carro, por isso nunca foi uma prioridade para mim. Mas é uma prioridade para o meu pai, que considera a carta de condução uma necessidade e não um luxo. Por isso vou ter de arranjar vontade e tempo para o ir fazer. Outra situação em espera.

Voluntariado – algo que há muito tempo quero fazer, e que agora vou estar, em termos de espaço físico, muito próximo do local onde queria realizar: Hospital Santa Maria. Mas com o inicio da faculdade – seja ela qual for – vou ter de me adaptar a muita coisa, e não sei ainda se terei tempo. E o voluntariado não pode ser ir apenas quando me apetece, é preciso responsabilidade e disponibilidade. E não sei se tenho qualquer uma das duas. Mais um projecto em stand-by.

Política – há uns dois, três anos que tenho começado a interessar-me por esta área e a ganhar uma vontade muito grande de fazer parte da vida política. Tenho os papeis para me filiar no partido em cima da mesa, mas é mais uma coisa para a qual ainda não dei o grande passo.


Para já, são algumas das coisas da minha vida pelas quais tenho esperado. Parece que estou à espera de Setembro para que a minha vida dê uma volta gigante e tudo me comece a parecer mais real… Tenho é de me mentalizar que nada me vai cair de mão beijada, e que se não for eu a fazer isto, mais ninguém o faz por mim.




Já sentiram que têm milhares de projectos, mas não conseguem fazer nem um?
Como mudar isso?

7 comentários:

C. disse...

Creio que só há uma forma de mudar isso e essa forma é começar a fazer. Sem esperas. Um de cada vez, faz. O resto, vai-se adaptando naturalmente - ou com algum esforço. Força!

adistancethere disse...

Minha cara, sinto isso a toda a hora, todos os dias. E não penses que estás sozinha, porque ando tal e qual como tu. Quanto à carta é uma cena que vais ter mesmo de fazer. Eu ainda não tive férias este ano devido a essa grande sonsa.

BORA LÁ, estou contigo.
Viva à mudança xD

B' disse...

C., com um passo de cada vez chega-se lá, não é? ... Penso que talvez o que custa mais será esse primeiro passo.

adistancethere, espero que as tuas férias venham rapido, e vida a mudança! :)

TimTim disse...

com calma, primeiro escrever os teus objectivos e depois ter vontade. Agora é dar o passo

Four Simple Words disse...

Bom, as únicas luzes que posso dar em relação à psicologia é que as minhas primas sempre me aconselharam a entrar no ISPA (é um bocado suspeito porque elas tiraram lá o curso) e, segundo elas, lá dão mais valor à psicanalise de Freud. O único se não é mesmo ser privada.
No entanto as pessoas que conheço que estão na faculdade de psicologia da UL gostam de lá estar e não trocavam aquilo por nada =)

Bem vinda de volta a este mundinho!

Basta um minuto disse...

É começares. É o primeiro passo e é a vontade. Creio que esse estado é permanente, pelo menos em mim, que faço tudo o que posso mas quero sempre mais. Não te foques em tudo de uma vez, escolhe só algumas coisas, mas faz. E é-se capaz. Quanto à psicologia, existem públicas e privadas, sei que o ISPA tem bom nome e conheco um professor e uma amiga que lá se formaram, mas pensa, dá-te essa liberdade de escolher. O que mais gostas e o que te motiva.

Strange Eyes In Rock disse...

O tempo faz a prioridade das coisas :)