quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Faltam 7 dias.

Nunca fui aquela pessoa que nasceu a saber aquilo que queria fazer.

Quando era pequenina queria ser Astronauta ou Paleontóloga.
Depois, por fazer muito desporto, queria dar aulas de Educação Física durante o dia, Treinos de futsal à tarde e à noite ter um bar (na altura via os morangos com açúcar e achava isso fixe).
No final do ensino básico, por estar loucamente apanhada por uma professora, reforcei o meu interesse por Educação Física.
Depois eu mudei, tudo na minha vida mudou, e estive dois anos a querer ir para Direito.
Até que, não sei bem como, acho que sempre cá esteve, quero Psicologia.

Isto tudo, entre Jornalismo, Biologia, Ciências Políticas, Antropologia, etc etc, foram as minhas ideias de futuro profissional. Muitas.

Começa a contagem decrescente para a candidatura ao ensino superior e consequentemente a escolha do que quero.


3 comentários:

RaquelM. disse...

Boa sorte :)

Basta um minuto disse...

Na altura vai acontecer que vais seguir o que mais te fizer bater o coração. E, seja aquilo que te irá agradar e motivar ou não, escolhe o que gostas. Sem medos .. o segredo é não viver os "ses ...". Força e, no que eu puder ajudar, aqui estou.

C' disse...

Eu passei 3/4 anos da minha vida a achar que ia fazer Psicologia e um belo dia, numa aula de psicologia no liceu (o que tem a sua piada), tive uma epifania e cheguei à maravilhosa conclusão que não queria fazer Psicologia.

Mesmo a tempo, digo eu.