terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Há pessoas com muita coisa reprimida



O que me chateia não é este pessoal fazer marchas contra o casamento de pessoas do mesmo sexo pelo referendo sobre o casamento de pessoas do mesmo sexo.

O que me chateia não é este pessoal achar que os homossexuais não podem ter família, nem casar, nem ser mais felizes que eles, nem viver, ...

O que me chateia é eles estarem a usar as nossas músicas e as nossas cores!

Então mas estes homofóbicos vão para a marcha deles com balões e cartazes de todas as cores do arco-íris, e ainda por cima põem a tocar e fazem vídeos com a música "We Are Family" das Sister Sledge? Que só por acaso está no top 50 das canções mais gay de sempre! Vão ver ;)

[Quase que me dão pena, alguém que lhes diga o ridículo que são.]

3 comentários:

Pipoque disse...

Ridiculo. Aposto que estas pessoas todas foram angariadas durante as missas. Contaram-me que durante as missas os padres andavam a pedir assinaturas para o referendo. Chegam ao cumulo do ridiculo quando se veem desesperados quando deixam de ter algum poder que no ''antigamente'' tinham.

Inês Santos disse...

gostei especialmente da faixa "pelo direito à igualdade"
mas como dizia uma amiga minha "se não criticas uma pessoa que nasce sem braço, porque vais criticar uma pessoa que nasce sem cérebro? só dão pena, tadinh@s..."

Ana disse...

A minha mãe chocou com a marcha por acaso e ligou-me a rir-se imenso quando os ouviu a passar o "We Are Family".