terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Porque sou portuguesa e como boa cidadã portuguesa tenho de opinar sobre tudo

Só há duas pessoas que sabem o que se passou entre Carlos Castro e Renato Seabra. Uma delas está morta.
Homicídios brutais à parte, a única certeza que isto veio provar é que

"Vivemos numa sociedade em que pelos vistos o homicídio é muito mais tolerado do que a homossexualidade."

6 comentários:

Daniele O disse...

É bem isso!
As pessoas se acostumaram com o estúpido...morte, homofobia...tudo normal!!
Pena.

Dantins disse...

Esta notícia veio revelar muita da homofobia que anda por aí disfarçada....

Pipoque disse...

É bem verdade.. Então pelos comentários que tenho ouvido cá em casa, parece que o miúdo tinha mil e uma desculpas para ter feito o que fez, o que o torna mais aceitável. Enfim..

Papoila e Orquídea disse...

Nice point of view*

Carla Santos disse...

Primeira coisa acertada que ouvi(li) sobre este assunto.

aryabodhisattva disse...

Verdade! Bela observação.